Construção
8 de Novembro de 2021

Você sabe como pintar azulejo? Descubra aqui!

Nesse post, separamos dicas essenciais sobre como pintar parede de azulejo de forma profissional. Confira!

Tempo de leitura:

Muitas vezes os clientes precisam de soluções rápidas, práticas e com baixo custo na hora de reformar seus imóveis e saber como pintar azulejo da forma certa e com um acabamento perfeito pode ser uma dessas propostas. 

No entanto, quem trabalha com pintura profissional sabe que esse tipo de serviço não se limita apenas a passar a tinta por cima da superfície e ponto final! 

Pelo contrário, assim como em outros tipos de pintura, é fundamental ter conhecimento dos materiais corretos e, principalmente, preparar o local e usar de algumas técnicas essenciais para entregar um trabalho de qualidade. 

E é justamente por isso que, hoje, nós preparamos um miniguia básico com dicas e conselhos úteis sobre como pintar azulejo e oferecer esse tipo de solução como um serviço profissional!

Vamos conferir?

Quais os cuidados essenciais para pintar azulejo? 

Como bem destacamos, pintar azulejos de uma parede pode ser uma solução rápida, prática e econômica para seus clientes. No entanto, para que haja um acabamento legal e a entrega do serviço seja satisfatória, é muito importante prezar por algumas etapas essenciais. 

Para explicar melhor esse "passo a passo" de como pintar azulejo de forma profissional, já separe o papel e caneta, pois as dicas a seguir farão total diferença. Anota aí! 

Limpe a superfície 

Em geral, a superfície dos azulejos é lisa e feita de cerâmica, o que naturalmente já evita a absorção de sujeiras. No entanto, dependendo do ambiente e da conservação do local, os azulejos podem sim carregar manchas, oleosidade e até mesmo sujeiras mais pesadas. 

Para não ter erro, deixe a superfície o mais limpa possível e, de preferência, passe um desengordurante por ela toda. 

Em casos de sujeiras mais pesadas, como gotas de tintas antigas, cimento ou massa corrida, tente remover com produtos específicos ou até mesmo com a ajuda de uma espátula de obra, mas sempre com cuidado para não causar danos ao azulejo. 

Feito isso, só esperar o produto secar para começar o processo da pintura. 

Escolha as tintas corretas 

Quem é pintor profissional nem precisa saber que o mercado é repleto de opções de tintas, cada qual indicada para diferentes tipos de superfície, certo? 

Pois bem! Para indicar qual a melhor tinta para pintar azulejo, podemos destacar dois tipos: a epóxi e a acrílica. 

Mas qual a diferença prática entre elas? Vamos lá! A tinta epóxi é comumente utilizada em obras industriais e tem como base uma resina química que recebe o mesmo nome.

E justamente por ser considerada uma "resina", esse tipo de tinta tem uma textura mais grossa, capaz de criar uma camada por cima do azulejo ou mesmo de pisos. 

Ou seja, ao secar, o que era líquido simplesmente se transforma em uma nova película, cobrindo a superfície antiga. 

Dependendo do caso, algumas aplicações de tinta epóxi em azulejos são capazes inclusive de cobrir os rejuntes, dando a impressão de uma única peça. Mas para isso é necessário a aplicação de uma massa epóxi nos rejuntes antes da aplicação da tinta de acabamento.

Já as tintas acrílicas são mais leves e funcionam simplesmente para dar uma nova cor às superfícies. Ou seja, caso queira aplicar texturas ou esconder rejuntes, rachaduras ou qualquer outro detalhe, seria preciso incrementar com outros produtos, como uma massa corrida para locais secos. Para ambientes úmidos ou que possa receber respingos de água, deve-se usar a massa acrílica para preencher o rejunte e em seguida aplicar a tinta acrílica.

Independentemente da escolha da tinta epóxi ou acrílica, o importante é que o produto seja absorvido corretamente pela cerâmica e também que proporcione uma impermeabilidade, coisa que outros tipos de tinta provavelmente não proporcionarão. 

Aplique um fundo preparador 

Preparar a parede para receber a tinta é um dos fatores que diferenciam o trabalho profissional do amador. 

E por isso, além das etapas indicadas acima e da escolha correta da tinta, é fundamental que o pintor prepare a superfície com produtos adequados. 

Tanto para tintas epóxi, como para acrílicas, jogar um fundo preparador no azulejo vai facilitar o seu trabalho, deixar um acabamento mais legal e, inclusive, influenciar nos custos do cliente, já que vai demandar menos demãos e menos tinta. 

Proteja os ambientes  

Uma outra dica essencial para quem preza por um trabalho de pintura profissional é a organização e os cuidados com o ambiente a ser trabalhado. 

Portanto, além das tintas, pincéis e rolos, inclua em sua lista de materiais acessórios indispensáveis, tais como uma boa fita crepe e uma capa protetora.

Dessa forma, você consegue proteger pisos, móveis, maçanetas e outros objetos durante a pintura, sem precisar recorrer a "gambiarra" ou materiais inadequados.

Quais são os materiais necessários para pintar azulejo? 

Bom! Já sabe o passo a passo de como pintar azulejo, certo? Então vamos a um resumo completo de tudo o que não pode faltar como material nesse tipo de serviço. 

Anota aí e já inclua na lista de compras: 

  • pincéis e rolos; 
  • bandeja de tinta; 
  • lixa (especialmente se tiver que remover marcas de outras pinturas ou sujeiras mais grossas da superfície); 
  • material de limpeza para remover sujeiras (desengordurante, álcool etc.); 
  • fundo preparador; 
  • tinta epóxi ou acrílica (importante consultar o cliente antes e entender o que ele quer como acabamento final, custos etc.); 
  • materiais de proteção, tais como fita crepe, capa protetora para construção, jornal, papelão etc. 

Além desses materiais, não se esqueça sempre de prezar pela organização do ambiente, pela escolha de marcas de qualidade em todos os materiais, da limpeza das ferramentas de pintura e da entrega impecável do serviço ao cliente. 

Assim, anote também algumas dicas fundamentais que todo pintor profissional deve considerar. São elas: 

  • trabalhe com transparência nos orçamentos; 
  • demonstre conhecimento técnico; 
  • faça bons planejamentos; 
  • não economize com materiais de segunda linha; 
  • cuide de seus equipamentos; 
  • valorize o profissionalismo; 
  • entregue o máximo de satisfação ao cliente. 

Enfim, essas são algumas dicas essenciais sobre como pintar azulejo e oferecer uma solução simples, prática e muito eficiente e de forma totalmente profissional. Lembre-se de que um bom atendimento, o planejamento adequado e a escolha dos fornecedores são ações que também farão total diferença na entrega de seus trabalhos. 

Curtiu nossas dicas sobre como pintar azulejo? Quer saber mais e ficar por dentro de muitas outras novidades no universo das obras e reformas? Então corre aqui e se inscreva em nossa newsletter, que nossa equipe sempre manterá você atualizado com as próximas publicações. Até lá! 

Comentários