Automotivo
15 de Setembro de 2021

7 boas práticas para gestão de oficina de funilaria e pintura

Você tem uma oficina de funilaria e pintura? Então, não perca essas dicas e melhore a gestão do seu estabelecimento.

Tempo de leitura:

Quem trabalha com reparação automotiva sabe bem como esse mercado está cada vez mais competitivo e exigente. Por isso, muito além de diferenciais nos serviços prestados, é fundamental investir em uma boa gestão de oficina de funilaria e pintura.

Queremos exemplificar melhor como isso é importante para o negócio nos dias de hoje, então, preparamos este post com 7 dicas práticas sobre como e onde começar o seu trabalho gerencial na oficina.

Sem mais delongas, vamos a elas. Boa leitura!

Como melhorar a gestão de oficina de funilaria e pintura?

Do controle financeiro ao investimento em equipamentos e ferramentas de qualidade, a gestão de uma oficina de funilaria e pintura pede uma série de boas práticas e cuidados no dia a dia do negócio.

Para entender melhor quais são esses processos que não podem faltar, veja só as nossas 7 dicas!

1. Tenha um controle financeiro eficiente

Controlar gastos, fluxo de caixa, contas e outros números é indispensável na gestão de qualquer tipo de negócio. Portanto, não seria diferente no setor automotivo.

Quem tem uma oficina de funilaria e pintura certamente precisa fazer essas mesmas movimentações financeiras todo dia, certo?

E ter controle sobre elas não quer dizer se limitar a anotar e ter "uma ideia" no final do mês de quanto entrou e saiu. Estamos falando aqui de realmente buscar profissionalizar essa prática e criar uma rotina financeira transparente e detalhada do seu negócio.

Para isso, algumas boas ações são trabalhar com planilhas, repassar o serviço a um profissional capacitado e saber criar um fluxo de caixa adequado.

2. Invista em tecnologia e ferramentas digitais

Aproveitando um pouco o gancho do tópico anterior, não é somente o controle financeiro da sua oficina de funilaria e pintura que pode passar por uma transformação digital.

E isso nem sempre significa ter que investir em sistemas muito elaborados e caros. Pelo contrário: hoje, já é possível encontrar aplicativos, softwares e até plataformas online para organizar e otimizar diversos processos de uma gestão.

Até mesmo as tradicionais planilhas de Excel permitem fazer muita coisa de um jeito mais profissional e eficiente.

Em outras palavras, a ideia aqui é tentar usar menos processos e controles manuais e usufruir do que a tecnologia tem permitido no dia a dia. Isso vale, por exemplo, para finanças, controles de compras, vendas e estoques.

3. Capacite os colaboradores

Investir em cursos e treinamentos para os colaboradores pode trazer diversos benefícios e vantagens práticas à gestão de oficina de funilaria e pintura, sabia?

Contar com profissionais capacitados pode agregar valor aos seus serviços e à sua marca, como o aumento da qualidade final, a credibilidade no mercado e a satisfação dos clientes. Outras possibilidades são a redução de custos e desperdícios e o aumento da produtividade.

4. Controle as compras e os estoques

Uma oficina de funilaria e pintura tem uma rotina de compras bem intensa, não é mesmo? Cada serviço pode pedir insumos e materiais diferentes a cada nova demanda.

Sendo assim, saber controlar esses pedidos e conseguir organizar estoques é um fator crucial para a gestão da oficina e pode ter impacto direto na saúde financeira do negócio e na produtividade dos serviços.

Para conseguir isso, reforçamos a dica: invista em ferramentas e sistemas avançados de controle de estoque. Complementamos com outras boas práticas, sobre as quais daremos mais detalhes à frente, por exemplo, escolher bem os fornecedores, contar com produtos de qualidade superior e planejar bem as compras.

5. Melhore a comunicação comercial

A comunicação com o cliente é ponto forte e diferencial de uma oficina de funilaria e pintura.

Como apontamos lá no início, o mercado de reparação e estética automotiva está cada vez mais competitivo e com clientes exigentes. Por isso, é essencial não apenas prestar um bom atendimento, mas também tentar entender exatamente o que o consumidor busca e o que seu negócio pode oferecer além disso.

Aproxime-se do público, interaja, pesquise, pergunte e evolua conforme as novas tendências e os desejos que ele demonstrar ter.

6. Aposte na qualidade dos insumos e serviços 

Ainda falando sobre a questão da competitividade e a exigência do mercado atual, outra forma de se diferenciar na gestão de oficina de funilaria e pintura é investindo na qualidade dos produtos usados e, consequentemente, na dos serviços prestados no estabelecimento.

O que vai tornar isso possível? Várias ações, que vão desde a implementação de um atendimento transparente e qualitativo até o uso e a garantia de materiais de extrema qualidade em seus serviços. Sendo assim:

  • invista nos melhores insumos para os polimentos e as pinturas;
  • trabalhe com base em técnicas e métodos profissionais;
  • treine os funcionários e venda resultados mais satisfatórios que o restante do mercado. 

7. Conte com fornecedores de qualidade 

Por fim, aproveitando o tema qualidade nos serviços, contar com bons fornecedores, principalmente os especializados, é fator essencial na gestão de uma oficina de funilaria e pintura. 

Na prática, isso permite não somente que o seu negócio tenha insumos e materiais de qualidade superior, como também possa contar com um atendimento mais técnico. 

A Norton é referência mundial na fabricação e distribuição de abrasivos, equipamentos e outros insumos para funilaria e pintura automotiva. São centenas de lojas à disposição Brasil afora com vendedores capacitados para fornecimento e suporte dos melhores materiais de que a sua oficina precisa no dia a dia. 

Em resumo, investir na boa gestão de oficina de funilaria e pintura se trata, sim, de organizar ou melhorar os controles rotineiros do estabelecimento. Como consequência, é uma forma de inovar e colocar o negócio em um patamar superior ao que o mercado automotivo demanda hoje.

Como se já não fosse bom o bastante, o que pode resultar disso tudo? Redução de custos, mais produtividade das equipes, aumento dos lucros, diferenciação e satisfação do cliente. Excelente, não é?

Gostou do post? Quer ficar por dentro de muitas outras dicas e novidades sobre o setor automotivo? Então, aproveite para assinar a nossa newsletter e receba as próximas publicações diretamente em seu e-mail, tudo em primeira mão!

Comentários