Automotivo
25 de Setembro de 2020

Guia prático: os 4 reparos automotivos que os clientes mais procuram!

A manutenção de um veículo não pode ficar para depois! Veja quais são os 4 principais motivos que fazem um cliente procurar uma boa oficina!

Tempo de leitura:

Quem é dono de automóvel sabe que os reparos automotivos não podem ser ignorados. Seja para manter o veículo em boas condições, seja para preservar o valor agregado em uma eventual revenda. Também é uma questão de segurança e estética.

Deixar a reparação automotiva para depois pode causar sérios problemas, já que diversos sistemas são interligados e o funcionamento irregular de um pode prejudicar o de outros. Para garantir qualidade de entrega, as pessoas buscam os bons profissionais, aqueles que sabem o que estão fazendo e têm ferramentas e materiais adequados para dar conta dos serviços. Faz todo sentido, né?

Sabemos ainda que reparos automotivos devem estar dentro do orçamento do proprietário do veículo. Afinal, já que o cuidado é frequente, o planejamento dos gastos faz parte. Prepare-se para receber os pedidos vendo aqui os 4 principais motivos que vão levar clientes à sua oficina!

1. Reparo ou troca de capô e para-choque

Começamos com os componentes do carro que estão mais sujeitos a estragar. O capô e o para-choque ficam bastante expostos às pedradas do calçamento e a outros fatores externos de impacto. E aí é bem comum que sofram com quebras e danos visíveis em comparação ao resto do veículo.

Essas peças podem até ser reparadas. Só que essa decisão depende do tamanho do estrago, não é mesmo? Se for um simples amassado, um martelinho de ouro resolve, por exemplo. Agora, quando o dano é um tanto profundo, a troca é o que acaba fazendo mais sentido mesmo.

É nessa hora que você vai mostrar o grande valor de o cliente procurar um bom profissional, que tenha conhecimento sobre técnicas e ferramentas adequadas. Seu trabalho é analisar a situação e oferecer a melhor saída possível para o problema.

Argumentar bem e explicar com confiança vai fazer toda a diferença neste caso. Pense com a gente: a troca geralmente é mais cara, e o cliente, é claro, sempre quer a opção mais barata. Mas sabendo orientar a pessoa e mostrando segurança, além de entregar um serviço de qualidade, você pode garantir um retorno financeiro mais interessante para a sua oficina.

2. Remoção de arranhões

Muitas vezes, riscos e arranhões são superficiais e podem ser removidos sem grandes despesas com serviços de pintura, por exemplo. Pintar partes específicas também não é sempre recomendável, pois a tinta sofre modificações da cor original com o passar do tempo.

Nesses casos, o ideal é investir em um polimento da lataria, que é capaz de eliminar as marcas aparentes. Mas esse não é o único benefício, não! Quando o processo é feito com cera de qualidade e pelas mãos de um profissional competente, devolve o brilho da pintura. Isso aumenta a proteção e evita a perda de cor e o descascamento causados por efeitos do sol.

Por fim, é básico analisar a profundidade dos arranhões em um ambiente com boa iluminação. Vale até usar uma lupa. Assim, dá para identificar se a eliminação do problema exige polimento ou uma intervenção maior. E assim como no caso dos capôs e para-choques, uma decisão certeira aqui vai ajudar no relacionamento com o cliente.

3. Restauração da lataria

Nem sempre a recuperação da pintura e de componentes específicos será o bastante para fazer um bom reparo da lataria. O esforço pode variar caso a caso, dependendo do nível de comprometimento da carroceria.

Por exemplo, algumas colisões não chegam a estragar a pintura, certo? Então podem ser consertadas com técnicas como o martelinho de ouro, como já comentamos antes, ou por bombas de sucção, alavancas e pinos de aço. Pode ser até que não haja motivo para desmontar peças e o estofamento — e isso baixa o custo do serviço.

Outros casos possíveis são:

  • retirada de peças da carroceria;
  • acabamento do veículo;
  • necessidade de uma nova pintura.

A lógica é sempre esta: quanto mais complexo o trabalho envolvido e mais radical a intervenção, maiores são os valores a serem cobrados pela sua oficina e o tempo de dedicação para o trabalho. Reforçamos mais uma vez: seu olhar clínico aqui é o que vai fazer a diferença.

4. Polimento de faróis

A segurança e a performance dos veículos avançaram muito nos últimos anos. Incremento da tecnologia embarcada e questões legais estão por trás das novidades. Só que tem um grupo de itens de segurança que praticamente não muda e está nos carros desde os primeiros modelos: estamos falando dos faróis.

Com o passar do tempo, a exposição ao sol e à chuva deixa as peças opacas e amareladas. São danos estéticos que podem atrapalhar uma possível revenda. Mas não pense que é só isso, não! Tem também a segurança, que fica ameaçada, pois a iluminação vai diminuindo. Pense bem: a falta de manutenção dos faróis pode causar acidentes quando eles são mais necessários, como numa viagem à noite.

Na maior parte dos casos, não é necessário trocar as peças. O polimento, além de mais barato, pode devolver o brilho original. Desse modo, a eficiência dos faróis será beneficiada, já que a capacidade de iluminar as vias volta ao normal. É um serviço de baixo custo, mas que garante alta satisfação do cliente. Bom demais, né?

Resumindo a ideia

A gente te falou aqui sobre como a reparação automotiva não pode ser negligenciada. O risco de acumular defeitos e aumentar os gastos com a manutenção é bem alto. Por isso, proprietários de veículos e profissionais de oficina precisam dar atenção aos consertos logo nos primeiros sinais de problemas, seja qual for o tamanho.

Todos ganham com essa atitude preventiva. O cliente fica mais seguro e você tem a certeza de que fez o melhor trabalho. Além dos reparos automotivos que mostramos neste post, repor peças comprometidas, dentro e fora do veículo, pode ser necessário. Avaliar isso é esperado de uma boa oficina! Tome atitude e mostre aos clientes o seu diferencial!

E se você quer saber mais, em nosso Podcast Garagem Profissa, disponível na plataforma Norton Academy, convidamos especialistas da área para bater um papo sobre o tema. 

O Paulo, da @Escuderiathebrothers, um dos nossos convidados, contou sobre como iniciou sua carreira no ramo, deixando de trabalhar com o conserto de máquinas de lavar para se tornar um profissional renomado em restauração de veículos antigos.


O que acha de aproveitar a visita e assinar nossa newsletter? Assim, a gente consegue mandar conteúdos úteis em primeira mão para você!

Comentários