Automotivo
24 de Janeiro de 2023

Saiba o que é tinta camaleão automotiva e como aplicar!

Como aplicar tinta camaleão? Saiba tudo sobre a técnica, suas vantagens e como aplicá-la na oficina!

Tempo de leitura:

Personalizar o carro é uma tendência atemporal no segmento de pintura automotiva. Por isso, especializar-se nessas técnicas garante uma lucratividade acima da média. Um serviço que está se popularizando é o uso da tinta camaleão. Quando bem aplicada, ela faz com que o veículo mude de cor de acordo com a luz ou o ângulo.

O efeito não é conquistado com facilidade. Se o pintor não dominar a aplicação e não tiver conhecimento sobre como revertê-la em caso de erro, vai acabar comprometendo o serviço e a credibilidade da oficina.

Nos próximos tópicos, vamos falar sobre como fazer a pintura com segurança e qualidade. Confira!

O que é tinta camaleão?

A tinta camaleão não é o nome da tinta em si, mas da técnica usada, que consiste em uma personalização que leva o automóvel a “mudar de cor” conforme a distância ou a incidência de luz sobre ele. No Brasil, esse procedimento não é tão popular quanto no exterior. Tanto que, no início dos anos 2000, os filmes de corrida eram cheios desses modelos.

Por não ser visto com frequência, oferecer esse tipo de serviço em uma oficina permite que o valor seja mais estratégico para o pintor ou funileiro. Da mesma forma, existe a cobrança para oferecer um trabalho único, original e de qualidade.

Quais são as vantagens de usar a tinta camaleão?

Para o proprietário do veículo, sem dúvida, é a oportunidade de deixá-lo mais autêntico. Por onde passar, ele vai chamar a atenção graças ao efeito da técnica. Se a intenção por trás da personalização for deixá-lo mais atrativo, o resultado será alcançado com facilidade.

Também vale a pena citar que isso dificulta a ação de criminosos, pois o furto ou roubo de um carro nessas condições permite que ele seja encontrado rapidamente. Afinal, não é comum encontrar esse tipo de lataria nas oficinas mecânicas.

Já para os donos de oficina, é a oportunidade de ampliar seu leque de serviços de pintura automotiva, tornando-se um diferencial que pode aumentar consideravelmente sua lucratividade.

Como aplicar a tinta camaleão?

O primeiro passo é remover a pintura anterior. Em seguida, deve-se aplicar um primer para preparar a superfície. O passo final antes do acabamento é aplicar de duas a três demãos da tinta camaleão.

É importante destacar que esse tipo de personalização muda as características da pintura original de maneira quase irreversível, sendo praticamente impossível recuperar o brilho do carro. Por essa razão, tanto o cliente quanto o responsável pelo processo devem alinhar as expectativas.

É essencial que o interessado no serviço esteja ciente de que, eventualmente, a tinta não vai reproduzir o efeito esperado e, caso decida fazer uma repintura, tampouco vai ter o mesmo brilho de antes.

Cabe ao pintor adquirir o máximo de conhecimento sobre a técnica, bem como investir nos produtos apropriados, a fim de oferecer a melhor pintura dentro do esperado. Com todos os prós e contras, a tinta camaleão é uma personalização original e impressionante, mas quem a deseja deve estar preparado para investir seja em profissionalização, seja na aplicação.

Quer saber mais sobre pintura automotiva? Veja 11 dicas de como torná-la mais profissional!

Comentários