O desbaste está entre as diversas operações de fabricação utilizadas nos mais variados setores da economia, ao lado do fresamento, torneamento, furação, mandrilhamento, entre outros. Cada processo é diferente e pode alterar as características dimensionais das peças utilizadas na construção civil, oficinas mecânicas, funilarias e usinagem.

Quando falamos em desbaste e acabamento, em especial, vemos muito esses processos na indústria da construção civil, seja atuando pedreiro, servente ou mestre de obras. Esses dois termos não devem ser confundidos, apesar de algumas pessoas os utilizarem ​​incorretamente.

Neste conteúdo, vamos explicar onde o desbaste de materiais é aplicado! Entenda as principais ferramentas utilizadas no desbaste de material de construção e outras informações. Acompanhe a leitura!

O que é desbaste?

Desbaste é um processo capaz de efetuar o corte de diversos tipos de materiais construtivos de modo não uniforme, seja em uma obra, seja em funilarias ou outros espaços. Ele remove o material de uma peça importante para o trabalho dos construtores com muita rapidez, devido ao uso de ferramentas apropriadas.

Veja, a seguir, mais detalhes sobre essa técnica que ajuda os profissionais a retirar agilmente partículas metálicas!

Procedimento para remover excessos

Durante o processo, não é necessário focar na uniformidade das peças. Isso ajuda a agilizar as rotinas, permitindo que você vá para a próxima etapa. O desbaste é um procedimento que se refere mais ao tempo do que à qualidade. Assim, é removida uma quantidade substancial de excesso de material dos componentes de trabalho.

Etapa de estágios de processamento

Em outras palavras, o desbaste é uma das primeiras etapas que fazem parte dos estágios de processamento na construção civil e em outros setores. Produz-se o formato ou figura dos materiais, aproximando a peça ao máximo da geometria necessária, tornando os processos construtivos mais fáceis e eficientes e removendo as sobras.

Cortes de profundidade

Os pedreiros geralmente conduzem processos de desbaste para efetuar cortes de altas profundidades e obtêm altas taxas de avanço para eliminar grandes quantidades de resíduos em pouco tempo. É possível seguir alguns parâmetros que afetam as superfícies e as suas características dimensionais para elevar a eficiência da produção ou produzir componentes que atendam às suas necessidades. 

Modelagem de superfícies

As operações de desbaste na construção civil são usadas, principalmente, para modelar as peças de trabalho, a fim de estarem na forma desejada. Essa modelagem torna o processamento subsequente conveniente e eficaz. O objetivo dos desbastes é ter superfícies, contrapisos ou pisos com menos rugosidade, elevando a produtividade durante a execução dos acabamentos.

Por que utilizar a técnica de desbaste?

A técnica de desbaste pode propiciar avanço rápido nas edificações e eventuais erros podem ser corrigidos na fase seguinte, que é o acabamento, para garantir a qualidade. São diversas as vantagens. Os profissionais que a utilizam consegue entregar as obras em perfeitas condições.

Observe, abaixo, algumas razões para fazer uso dos desbastes.

Redução de custos

Dividir os estágios de um processo e utilizar o equipamento correto para fazer o desbaste e os acabamentos pode reduzir os custos das operações. O maquinário usado para a aplicação dessa técnica normalmente tem alta potência, força e eficácia, oferecendo precisão elevada e menores chances de erros. Assim, é possível fazer reparos em peças e paredes externas ou internas.

Com as operações de desbaste, o operador remove as sobras de material e economiza dinheiro. É preciso usar uma única configuração do equipamento para preparar a área para os acabamentos. O processo também gera economia de materiais que são removidos em etapa bem menor durante a fase do acabamento e diminui custos em geral.

Eliminação de defeitos

A realização de desbaste serve para eliminar uma série de defeitos nos espaços e ajuda os pedreiros a economizar tempo. Após esse trabalho, os profissionais da construção civil podem organizar as próximas tarefas que somente podem ser feitas depois de eliminar as deformações. Uma delas é o acabamento que protegerá as superfícies das intempéries climáticas. 

Economia de tempo

O desbaste economiza o tempo dos trabalhadores nos canteiros de obras diminuindo o gasto de várias horas do período de trabalho. Embora o processo possa não ser tão preciso ou uniforme, ele produz uma forma muito próxima da aparência do serviço final que será entregue aos contratantes. Ele prepara o cenário para que as suas operações de acabamento façam sucesso.

Fácil visualização de defeitos

A técnica de desbaste ajuda os construtores a detectar defeitos de espaços, por exemplo, buracos nas lajes que passariam facilmente despercebidos sem essa etapa. Se o operador de máquina executar trabalho bruto para que o processo de acabamento seja feito em seguida, qualquer defeito ou goteira será visível, inclusive as rachaduras que se sobressaem.

O processo de desbaste revela vários defeitos dos espaços vazios, como orifícios de ar, aberturas na areia e assim por diante, o que é conveniente para a realização dos reparos em tempo hábil em peças ou paredes. A técnica elimina a aspereza residual das superfícies e age para destruir qualquer deformação garantindo serviços de qualidade.

Quais as aplicações do desbaste?

Várias operações precisam ser realizadas nas construções para a edificação de casas, apartamentos, edifícios, galpões, entre outras estruturas. A operação de desbaste demora um curto espaço de tempo e antecede à fase de acabamento que agrega valor aos serviços. Confira adiante como essa técnica pode ser útil em diversos setores do mercado!

Segmento automotivo

O desbaste é um meio rápido e eficiente para os fabricantes que utilizam peças em formatos variados na composição de veículos. Os processos desse setor exigem o uso de equipamentos potentes, eficientes e rígidos. As ferramentas manuais não conseguem dar conta dos movimentos da ferramenta necessários para realizar essa etapa e originar os componentes.

Segmento de construção civil

A construção civil é a área responsável pela maioria das estruturas físicas que utilizamos no dia a dia e que são de propriedade privada ou pública. Por exemplo, pontes maciças, passarelas, prédios, usinas, centros de tratamento de águas residuais a barragens, grande parte da infraestrutura rural e urbana. Alguns dos projetos de edificação são muito importantes em nosso mundo.

Projetar e construir estruturas de diferentes tipos de materiais é essencial para o avanço da sociedade. O setor da construção civil utiliza o desbaste em praticamente todos os seus projetos. Essa fase está incluída nos cronogramas e orçamentos para reduzir as possibilidades de problemas após o término das etapas construtivas.

Segmento de pintura

A pintura pode ser a última etapa dos acabamentos e não pode ser entregue com qualquer imperfeição pelo pintor. Ela ajuda a remover a ferrugem ou desenferrujar peças, que decorre de um processo de oxidação do aço eventualmente causado pela exposição do metal desprotegido à água ou à umidade. A tinta serve para melhorar a aparência de componentes de plástico, elementos cromados e peças enferrujadas.

Quais são as principais ferramentas de desbaste?

As ferramentas de desbaste costumam ser ásperas para remover metal ou cimento cola, abrir furos em processos de fundição, pré-usinagem ou forjamento. Essa abertura nas superfícies ou componentes prepara o buraco de diâmetro grande ou pequeno para que receba o acabamento. Adiante, forneceremos mais detalhes sobre os itens e dispositivos usados nesse procedimento!

Lixas

A maioria das lixas são elementos abrasivos revestidos nem sempre compostos apenas de papel. Elas são fabricadas com material sintético maleável e podem ser comercializadas em rolos grandes e não cortados ou em pedaços com tamanhos predeterminados. A espessura escolhida para fazer o trabalho depende da rigidez ou flexibilidade desejada pelo pedreiro.

As tecnologias da atualidade permitem a criação de superfícies perfeitamente niveladas. As informações essenciais são impressas no verso para que sejam verificadas com facilidade, como tamanho do grão e outros dados. As indústrias de lixa utilizam produtos específicos para prender o abrasivo ao papel e regulam a sua densidade para que a lixa tenha uma camada uniforme.

As lixas utilizadas na construção civil são profissionais para não danificar os projetos com marcas desiguais. Esses abrasivos altamente versáteis e são usadas em todos os tipos de projetos, grandes ou pequenos. Escolha a lixa certa para se certificar de escolher o grão correto para cada projeto, pois existe diversas variáveis e opções à sua disposição.

Discos de desbaste 

Os discos de desbaste são ferramentas elétricas e abrasivas que servem para garantir que os materiais trabalhados fiquem livres de imperfeições. Para superfícies de aço ou metálicas, é melhor usar os dispositivos côncavos, enquanto para superfícies de latão, zinco, cobre ou estanho é melhor usar produtos de óxido de zircônio.

Essas ferramentas atuam como almofadas, são compostas por uma camada externa mais resistente que envolve área interna mais maleável situada no centro. Os discos apresentam sinais de desgaste no decorrer do tempo porque se desidratam e seu interior pode endurecer. O uso pode fazer com que o disco de desbaste se expanda uniformemente em toda a sua circunferência.

Cinzel de corte

O cinzel de corte serve para desbastar pequenos pedaços de pedra cuja função principal é retirar o material que se encontra nas linhas das bordas, ou seja, o excesso de materiais. Esses instrumentos manuais são pontiagudos ou possuem uma lâmina de metal em sua extremidade. O cabo é de madeira reforçada e em suas pontas existem anéis de aço.

Os formões pontiagudos são capazes de deixar uma textura de linhas paralelas que darão um toque rústico à pedra e são usados ​​para desbastar rapidamente uma quantidade considerável de material. Você pode proteger a área de impacto com outra ferramenta muito usada pelos pedreiros conhecida como martelo. A ponta da ferramenta serve para moldar entalhes em ferro e madeira.

Martelos

Os martelos são ferramentas úteis para o desbaste manual com formões ou cinzel de corte conforme mencionamos anteriormente. As ferramentas pontiagudas precisam das batidas do martelo para desbastar as peças e as superfícies de gesso que precisam ganhar forma. Com eles, os pedreiros conseguem esculpir e remover partículas de pedras ou cimento utilizando a força necessária.

A qualidade das ferramentas impacta na produtividade e resultado?

Sim! O gerenciamento de qualidade das ferramentas é a chave para reduzir o tempo de inatividade dos colaboradores e o custo de suas atividades. Este atributo é fundamental nos dispositivos para quem tem um fluxo de trabalho sistemático, desenvolve projetos construtivos e realiza inspeções até a entrega da obra. Ele contribui para as melhorias na prestação de serviços. 

Oferecem melhorias na prestação de serviços

Uma ferramenta de qualidade contribui para as melhorias na prestação de serviços, no fluxo de trabalho e no seu monitoramento. Os dispositivos com defeito produzem resultados contrários e devem ser eliminados das rotinas, pois sem uma manutenção proativa, podem causar acidentes prejudiciais aos negócios. Encontre um parceiro que faça os reparos por custos menores e diminua o tempo de inatividade.

Conferem precisão aos processos

As máquinas e ferramentas utilizadas na construção civil impactam a produtividade conferindo maior precisão aos processos. Os impactos podem ser diretos e indiretos no aumento da produtividade da produção por meio do uso de dispositivos mais rápidos que aumentam a precisão dos serviços. Eles são mais confiáveis e aperfeiçoam as operações em canteiros de obras.

Facilitam o desbaste 

O controle de qualidade das ferramentas de desbaste na indústria da construção é essencial. Mas não são apenas esses dispositivos utilizados na obra que devem obedecer a critérios rigorosos em termos de qualidade, as máquinas e os equipamentos também devem obedecer aos padrões e estarem aptos para o fim a que se destinam.

Existem vários métodos para garantir o controle de qualidade das ferramentas aplicadas na construção. É extremamente importante garantir que esses itens sejam mantidos em perfeitas condições de uso durante todo o projeto. Os serviços serão excelentes se os empreiteiros ou construtoras permanecerem atentos ao desempenho desses dispositivos e fizerem averiguações contínuas de sua eficiência.

Conformidade com as normas

O controle de qualidade das ferramentas construção civil também garante a conformidade com as Normas Regulamentadoras de Saúde e Segurança do Trabalho. Essa é uma garantia de que os serviços serão executados sem oferecer riscos desnecessários aos trabalhadores e atendendo aos requisitos legais estabelecidos pelas autoridades competentes. Com isso, diminuem as chances de responder a ações judiciais.

Ao fazer inspeções de rotinas nas ferramentas de desbaste, o profissional da construção civil evita acidentes que podem prejudicar a integridade física dos colaboradores. A qualidade dos dispositivos tem o potencial de evitar fatalidades e suas consequências negativas para a imagem de um negócio, gastos com custas judiciais e honorários advocatícios. 

Como encontrar fornecedores confiáveis?

Devido à competição dos fornecedores de ferramentas de desbaste para construção civil no mercado interno e no exterior, você pode ter dúvidas ao procurar fabricantes. Muitos profissionais se perguntam como escolher bons fornecedores para fazer serviços com excelência. A seguir, você vai encontrar as melhores dicas para fazer a melhor escolha!

Verifique as certificações

Estabeleça alguns requisitos mínimos a respeito das certificações de qualidade dos fornecedores com quem vai trabalhar. Existem aqueles que facilitam a visualização e verificação desses detalhes e outros que dificultam. Descubra fábricas e empresas certificadas de acordo com seus padrões de qualidade, por exemplo, as normas da Organização Internacional de Normalização (ISO).

Realize pesquisas nos motores de buscas se for necessário até que encontre ótimos lugares para encontrar novos fornecedores de qualidade. Algumas empresas disponibilizam vários canais de comunicação para se conectarem com os seus clientes e tem como foco o ganho de ambas as partes. Os profissionais da construção civil podem fazer excelentes parcerias com distribuidores e fabricantes.

Avalie a estabilidade financeira

Pode não ser interessante para o seu negócio trabalhar com um fornecedor que venha a fechar as portas inesperadamente. Se você não deseja ser pego de surpresa, investigue para saber se existem riscos financeiros para indústria de ferramentas de desbaste escolhida. Avalie também o clima geopolítico, já que alguns recursos podem ser comprados em outras regiões por preços baixos.

Alinhe os locais de fabricação 

Dependendo das suas necessidades em canteiros de obras, você precisará descobrir se as suas demandas de discos de corte podem ser satisfeitas por um fornecedor com um único depósito ou vários locais de distribuição. A capacidade de atender aos pedidos e os custos associados serão diferentes de acordo com a infraestrutura que determinada indústria tem a oferecer.

Os riscos relacionados à logística não podem ser ignorados. Ao selecionar fornecedores em potencial, identifique a região que ele atende com agilidade e avalie como isso podem influenciar a sua capacidade de manter os trabalhos em pleno andamento. Afinal, um fornecedor que atrasa as entregas atrapalha os cronogramas e impede a entrega dos projetos dentro do prazo.

Revise as informações dos produtos

Descrições detalhadas de produtos e outras informações ajudarão você a determinar se um fornecedor tem os itens certos para a aplicação nas suas obras. Se alguns fornecedores estão dispostos a fornecer especificações de tabelas, produtos, gráficos e outros detalhes que não são tão facilmente acessíveis, talvez sejam a melhor opção.

Isso é um sinal de que eles valorizam o seu tempo e estão dispostos a ser o mais prestativos possível para conquistar e manter os negócios. Peça se eles disponibilizam informações acessíveis de estoque ou inventário caso esteja negociando com lojistas. É importante que haja transparência para criar relacionamentos sólidos que beneficiem os dois lados.

Observe a escalabilidade

Descubra se o fornecedor tem flexibilidade para fornecer pequenas quantidades de lixas e escalabilidade para pedidos de volume elevado. Quem busca quantidades menores para começar o trabalho, provavelmente encontrará fornecedores que focam em vender soluções com volumes menores. Porém, se o seu trabalho exige remessas maiores de produtos, escolha um parceiro que tenha potencial para isso.

Analise como é o atendimento ao cliente

Avalie o atendimento ao cliente fornecido por cada potencial fornecedor. Se você estiver trabalhando com uma capacidade de trabalhar em horários que ultrapassem o convencional, verifique se há um fornecedor que atenda ligações a qualquer hora do dia ou da noite. Inclua esse diferencial em sua pesquisa e procure ter uma compreensão mais profunda do funcionamento do parceiro.

Converse com outros profissionais da área 

Busque informações detalhadas sobre a política de devolução dos fornecedores com outros trabalhadores que atuam na sua área. Por outro lado, o desempenho das entregas é fundamental para os pintores, construtores e seus ajudantes. Solicite projeções de prazo de entrega em compare-as com as taxas de outras empresas para saber se terá motivos para preocupações.

Determine as principais competências

É provável que você não esteja procurando apenas um fornecedor eventual para a entrega de ferramentas de desbaste. Além disso, muitos fornecedores podem ser excepcionais em relação à qualidade dos produtos, precisão nas entregas e qualidade no atendimento ao cliente. Essas características não os tornam especiais, mas revela se eles têm as competências necessárias para uma parceria.

Não dependa de um único fornecedor para o seu futuro. Você precisará de novos parceiros para garantir um futuro estável para o seu negócio. Ainda que a sua ideia não seja alcançar um crescimento enorme, lembre-se de que há possibilidades de ocorrência de eventos negativos que interferem na atuação dos fornecedores. 

Busque referências 

Dê uma olhada nas redes sociais do fornecedor e avalie os comentários feitos por outros clientes. Se perceber que há aprovação do público com o qual os fornecedores estão trabalhando, saiba que poderá fechar um negócio com mais tranquilidade. Caso encontre depoimentos de insatisfação e reclamações não respondidas, preste atenção para saber se foi uma situação isolada.

Existem fornecedores que permitem a colocação de depoimentos em seu site ou blog. Veja o que as pessoas têm a dizer sobre os produtos e serviços para uma tomada de decisão mais assertiva. Embora não exista uma lista de tudo o que deve ser revisado antes de contratar um fornecedor, esse é um detalhe que revela se você pode confiar.

Leia os termos da contratação

Caso você esteja disposto a assinar um contrato de fornecimento de ferramentas abrasivas para uma obra maior, leia todos os termos dispostos no instrumento contratual. Identifique os fornecedores que estão dispostos a atender as suas possibilidades de pagamento e leve em consideração as suas necessidades em curto, médio e longo prazo.

Enfim, agora você já sabe um pouco mais sobre o desbaste de materiais de construção. A Norton é uma das melhores marcas que fornece abrasivos a nível mundial. Essa parceira tem uma linha completa de ferramentas projetadas para executar aplicações nos canteiros de obras. Com mais de 150 anos de experiência, a empresa se tornou líder nesse mercado.

Gostaria de obter mais conhecimentos sobre o tema? Continue lendo e aprenda sobre segurança no uso de discos de corte e desbaste!

Show Full Content

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back
Close

NEXT STORY

Close
Sem categoria

Disco Flap: definição, funções, tipos e diferenciais

dezembro 13, 2022
Close