Quando falamos em produzir bens rústicos, é preciso ter um cuidado especial. E isso inclui saber qual lixa usar para madeira envernizada. Também é fundamental entender como lixar corretamente, além de como controlar a pressão e os movimentos para garantir um acabamento incrível.

Uma lixa inadequada pode danificar a superfície e comprometer bastante o resultado. Então, na hora de renovar madeiras envernizadas, a escolha da lixa é crucial.

Neste post, vamos falar sobre a melhor opção de lixa para madeira envernizada. Continue lendo!

Qual lixa usar para madeira envernizada?

As lixas são itens fundamentais em um acabamento perfeito. Muitas pessoas tem dúvida se devem ou não lixar verniz, mas é preciso sim que o material passe um um acabamento. Assim, entre uma demão e outra de verniz, e necessário que ele seja lixado.

Contudo, é importante ter cuidado para não remover completamente o verniz durante o lixamento, a menos que seja essa a intenção. O objetivo é remover imperfeições para obter uma aplicação uniforme e eficaz do novo verniz.

É válido destacar que você pode contar com a lixa com tratamento antiempastante, ela é ideal para um acabamento final perfeito. Isso porque ela minimizar o empastamento no lixamento do verniz. Além de potencializar a qualidade do acabamento superficial do material lixado.

Como lixar madeira envernizada?

Lixar superfície envernizada pode não ser fácil, mas com cuidado e atenção aos detalhes, é possível obter bons resultados. A seguir, você pode conferir algumas etapas a serem seguidas nessa missão de restauração.

Preparar a área de trabalho e equipamentos de segurança

Certifique-se de ter boa circulação de ar e proteja o ambiente com jornais ou lonas para evitar dispersão de poeira. Use óculos de proteção, máscara respiratória e luvas para se proteger dos resíduos da lixa.

Remover o verniz solto e usar a lixa certa

Muitos não sabem ao certo como remover verniz da madeira. Além de usar um removedor, é importante usar uma espátula para tirar o verniz solto da superfície da madeira.

Para fazer o lixamento, use uma lixa de grão médio a fino. Lixas mais grossas devem ser usadas apenas se a superfície estiver muito desgastada.

Lixar seguindo o sentido das fibras da madeira

Faça movimentos longos e iguais, acompanhando o sentido das fibras da madeira. Evite movimentos bruscos para evitar arranhões e marcas indesejadas.

No processo de lixamento é importante fazer movimento longos e iguais, ou seja, seguir um padrão natural da madeira, sempre acompanhando os sentidos das fibras para evitar erros. Ações como essas evitarão arranhões e marcas.

Remover a poeira e finalizar o acabamento

Após lixar uma área, use um pano umedecido para remover a poeira solta e avance para a próxima etapa. Quando estiver satisfeito com a remoção do verniz, você pode aplicar outro verniz ou fazer outro tipo de acabamento, seguindo as instruções do fabricante.

Lixar toda a superfície da madeira

Cada lixa tem sua finalidade. Use lixas com grãos menores (menor que o grão 100) para remover as camadas antigas, e uma lixa mais fina e delicada, como a 120 (maior que 120), para um acabamento suave. Certifique-se de não deformar a superfície.

Limpe bem a área de trabalho

Antes de iniciar o processo de lixamento de madeira com verniz, é crucial garantir uma limpeza adequada da superfície. Remova resíduos de sujeira, gordura ou cera utilizando produtos específicos, como limpadores de madeira, para garantir a aderência adequada do novo verniz.

Também é importante proteger áreas adjacentes à madeira, como vidros ou metal, durante o lixamento, a fim de evitar danos acidentais. Seguindo essas etapas, você prepara a madeira de forma completa e cuidadosa, criando uma base sólida para o processo de lixamento e para um resultado final de alta qualidade e durabilidade.

Como é o passo a passo para o acabamento de uma madeira envernizada?

O acabamento é tão importante quanto o processo de lixamento inicial. Uma peça bem conservada, com um brilho bonito, chama a atenção. Confira algumas dicas a seguir!

Aplicar o selante

Um móvel precisa ser bem selado. Use o verniz que será utilizado no acabamento. Certifique-se de usar um verniz novo, evitando produtos guardados por muito tempo que possam formar bolhas.

Faça uma mistura na proporção de três quartos de verniz para um quarto de solvente. Aplique essa mistura para selar a madeira. Deixe o móvel secar por 24 horas antes de aplicar outras demãos, sem diluir o verniz.

Aplicar o verniz

Após o selante secar completamente, aplique a primeira demão de verniz e deixe secar. Lixe novamente a superfície e aplique a segunda demão. Para um acabamento de alta qualidade, é recomendado aplicar de 2 a 3 camadas.

Quando se trabalha com móveis que tem múltiplas superfícies, é recomendado começar aplicando o verniz onde há entalhes mais elaborados e, então, usar a ponta do pincel para envernizar partes mais retas e planas.

Existem várias opções de verniz disponíveis, como:

  • semibrilho;
  • brilhante;
  • fosco.

Cada tipo de verniz proporciona um nível de brilho diferente e um acabamento específico. A escolha depende, principalmente, das preferências do cliente e do estilo que se pretende alcançar.

Por fim, é importante ressaltar que o verniz cria uma camada protetora para a madeira, evitando manchas, umidade, arranhões e outros desgastes. Além disso, realça a beleza natural da madeira.

O verniz cria uma camada protetora que preserva a madeira, evitando manchas e desgastes, ao mesmo tempo em que realça sua beleza natural. Ao renovar uma peça de madeira envernizada, tenha em mente que o cuidado e a escolha correta dos materiais são fundamentais para obter um ótimo resultado.

É fundamental, então, saber qual lixa usar para madeira envernizada. O trabalho com esse tipo de material envolve diversos cuidados, que vão dessa escolha ao processo de acabamento. Um lixamento bem executado em cada etapa do processo garante um resultado final suave e duradouro, proporcionando uma base sólida para a aplicação de novos acabamentos e garantindo a beleza e a qualidade da madeira envernizada.

Gostou do conteúdo? Para saber ainda mais, baixe já o Guia completo das lixas Norton para pinturas!

Show Full Content

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back
Close

NEXT STORY

Close
Sem categoria

Saiba como criar um plano de negócio para a sua oficina

agosto 18, 2021
Close