As mantas abrasivas são usadas na área da construção civil, nas empresas de ramos distintos ou para a pintura automotiva, sendo responsáveis por deixar as superfícies sem imperfeições. Por isso, não importa qual seja o seu segmento de atuação: basta trabalhar de maneira correta com esses materiais, para obter um resultado perfeito.

Pensando nisso, neste post, vamos apresentar os principais tipos de mantas abrasivas, além de abordar as peculiaridades e usos desse produto. Continue a leitura e descubra!

Quais são as aplicações das mantas?

As mantas abrasivas são equipamentos usados para polir, fazer desbaste e cortar os mais variados objetos, podendo ser aplicados em conjunto com escovas de aço, rebolos e discos de corte — tanto para materiais menos rígidos, como para madeira, gesso ou aço.

Consideradas abrasivas, elas estão disponíveis em vários formatos e grande diversidade no mercado. Devido às suas características individuais, costumam ser classificadas como:

  • naturais: quando surgem da natureza e passam por um processo que as transformam em produtos polidores — por exemplo, minerais como o topázio e o quartzo;
  • sintéticas: criadas em industrias, apresentam em sua composição ferro, carboneto de silício e óxido de alumínio.

Vale ainda ressaltar que a classificação das mantas abrasivas varia entre 16 e 2.500, de acordo com o tamanho de suas partículas. Assim, quanto menor for esse número, maior será o tamanho do grão.

Quais são os principais tipos de mantas?

Existem muitas variações desse material, e cada uma é específica para uma função e oferece um tipo de acabamento. Confira!

Rebolos

Existem ferramentas, como a serra-mármore e a esmerilhadeira, que usam rebolos. Eles servem para cortar materiais como mármore, pedras variadas e granito, e são fáceis de serem manuseados.

Lixas

Sabe aquelas lixas pequenas e simples, que são encontradas em materiais de construção ou supermercados? Elas podem ser usadas para desgastar uma parede de casa ou, até mesmo, auxiliar na remoção de ferrugem em qualquer superfície.

Ainda, podem ser usadas em equipamentos mais complexos e em grandes projetos. Por esse motivo, existe uma infinidade de tamanhos e vários tipos de composições disponíveis — o que faz com que haja opções próprias para ferro, madeira ou parede de concreto.

Escovas de aço

As famosas escovas de aço são duráveis e podem ser usadas para limpar qualquer superfície. Caso exista ferrugem ocasionada por agentes externos ou sujeira de difícil remoção, essa ferramenta pode eliminar a maior quantidade possível de resíduos.

Ela também é muito usada na indústria naval e em petroleiras, além de ser ótima para pedreiros e para as empresas industrializadoras de aço.

Discos

Os discos — peças instaladas nas esmerilhadeiras — são excelentes para alisar os diversos tipos de superfície e garantir a qualidade de acabamento. Nesses casos, é sempre importante verificar se a ferramenta a ser usada apresenta o tamanho ideal para a instalação do produto adquirido.

Fitas

As fitas fazem a limpeza de respingos de reboco ou excesso de tinta. Geralmente, são coladas em equipamentos, sendo as responsáveis por dar um toque final no acabamento de uma pintura.

São consideradas resistentes e não soltam fiapos. Assim como nos demais casos, são utilizadas especificamente em suas funções.

Disco de acabamento

Os discos de acabamento são perfeitos para a remoção de rebarbas e de imperfeições que aparecem durante o acabamento de materiais metálicos.

Disco de remoção

Como o próprio nome diz, ele é ideal para cortar e esmerilhar materiais resistentes e que precisam de um toque especial. Por isso, são peças consideradas duráveis e versáteis, podendo ter um desempenho até oito vezes maior que os discos convencionais ofertados no mercado.

Disco para limpeza de pisos

Pode acontecer de os pisos ficarem sujos com algum tipo de material impregnado e de difícil limpeza. Nesses casos em que um bom pano não resolve, as pessoas podem optar pelo uso dos discos: eles são ideais para a limpeza dos pisos e se destacam pela beleza com que deixam a superfície.

Folha de manta

Nada melhor do que usar as famosas folhas de manta, não é mesmo? Afinal, elas removem com facilidade as rebarbas, sem que as peças sejam danificadas. Além disso, garantem que o operador não tenha que refazer o trabalho.

Essas são apenas algumas opções de uso de mantas abrasivas, sendo que ainda há muitos outros — como a esponja. Para saber qual é a melhor alternativa, basta analisar a sua necessidade atual e adquirir o material correto para a realização do trabalho. 

Como manuseá-las?

As mantas abrasivas podem ser facilmente manuseadas: basta pegá-las na mão ou colocá-las no equipamento certo e, depois, passá-la sobre as superfícies irregulares. Não existe segredo, sendo necessário apenas esfregar o material em todos os cantos, para que a fibra realize o seu trabalho — sem que haja muito esforço por parte da pessoa que a está utilizando.

Portanto, segure-a de maneira correta — com a parte áspera para baixo — e aplique a pressão necessária sobre o local a ser aperfeiçoado. Além disso, não deixe de fazer os movimentos corretos, e um ótimo resultado será obtido.

Como prolongar a sua vida útil?

A manta abrasiva não rasga, não solta fiapos e não enferruja. E o melhor de tudo: ela pode ser higienizada com água após o seu uso — basta lavá-la em água corrente e colocá-la para secar. Depois, guarde-a em um local sem umidade e no qual não fique exposta ao pó. Dessa maneira, ela estará pronta para ser usada novamente.

Agora que você já sabe como usar as mantas abrasivas, não deixe de adquirir esse material de trabalho para obter bons resultados. Não se esqueça de usar equipamentos de proteção individual ao manuseá-las — os óculos, o sapatão, a máscara e os protetores auriculares são de extrema importância para a sua saúde!

Quando terminar os trabalhos, se o produto estiver danificado, descarte-o e compre um novo. Dessa forma, os seus projetos terão um acabamento perfeito e os contratantes ficarão satisfeitos.

Gostou deste post? Acesse o nosso site e veja a linha completa de produtos que temos a oferecer. Assim, você saberá quais deles poderá adquirir!

Show Full Content

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back
Close

NEXT STORY

Close
Sem categoria

Quais são as principais vantagens do uso do bloco cerâmico estrutural?

abril 13, 2023
Close