A corrosão é um problema muito comum nas tintas comuns. Ele diminui a durabilidade e beleza de uma obra, sendo muito prejudicial. Pensando nisso, surgiu uma proposta que promete acabar com esse problema: a pintura anticorrosiva.

Com ela, além de toda a beleza da pintura, você também poderá oferecer resistência e longevidade. Por isso, preparamos esse artigo com as principais informações sobre o assunto, além das técnicas de aplicação.

Continue a leitura e entenda mais sobre o tema!

O que é pintura anticorrosiva?

A corrosão é um termo químico usado para se referir ao processo de destruição de uma estrutura material. Ela é comum, por acontecer como consequência do meio onde vivemos, da umidade, calor ou outros aspectos.

Pintura anticorrosiva é um processo que utiliza produtos químicos para proteger as superfícies metálicas da corrosão. É um tipo de tratamento que ajuda a aumentar a vida útil daquela pintura.

Ela tem a função de proteger a estrutura de certos danos, auxiliando a evitar desgastes comuns nesse tipo de material.

Quais são as vantagens da pintura anticorrosiva?

A pintura anticorrosiva pode trazer muitas vantagens, além da prolongação da vida útil da peça. Por isso, separamos as principais delas para você, a seguir. Confira!

Durabilidade

Não podíamos começar de outro jeito se não pela durabilidade. A pintura anticorrosiva ajuda a retardar o processo de corrosão de um material, fazendo com que a peça fique mais bonita por mais tempo.

Além disso, como a corrosão traz uma série de malefícios — como consequências à saúde da peça, desgaste, problemas de segurança, além de afetar a eficácia de um produto — a durabilidade ajudará em outros quesitos também.

Facilidade de limpeza

A corrosão não é a única que interfere na vida útil e funcionamento de uma peça ou produto. A sujeira também é algo prejudicial. Por isso, conseguir fazer uma limpeza rápida e efetiva é muito importante.

Com a pintura anticorrosiva, o processo de limpeza é facilitado. Afinal, como muitas tintas de anticorrosão são antiaderentes, a sujeira penetra menos na peça, sendo necessária apenas uma limpeza superficial.

Resistência a corrosão

Como o próprio nome diz, a pintura anticorrosiva ajuda a prevenir a corrosão. Vale ressaltar: isso não significa que a corrosão da peça nunca vá acontecer. Porém, a vida útil dela aumenta bastante, o que ajuda a diminuir a manutenção da peça, além de evitar que ela seja trocada em menos tempo.

Baixa necessidade de manutenção

Além da corrosão do material demorar para acontecer, a própria tinta durará mais tempo. Ela não apresentará falhas e problemas com tanta frequência, fazendo com que a necessidade de manutenção da própria pintura diminua bastante.

Com a pintura anticorrosiva, além de economizar o seu dinheiro, você conseguirá otimizar o seu tempo.

Boa aderência a sistemas de alta e baixa temperatura

Em climas industriais, é muito comum a tinta ficar exposta a temperaturas extremamente altas ou baixas. Por isso, uma proteção contra isso é essencial.

Quando um material é aquecido, ele se expande. Ao mesmo tempo, todo material refrigerado se contrai. Isso pode gerar um desgaste muito grande das peças e, por ajudar na proteção contra essas variações, a pintura anticorrosiva é bem vantajosa.

Resistência à água

Muitas das tintas utilizadas para realizar a pintura anticorrosiva são antiaderentes. Por isso, essa técnica tem muita resistência à água e umidade.

Como muitos materiais acabam se degradando com o contato com a água, essa função é muito útil em diversos casos.

Quais são as principais técnicas de aplicação?

Para a aplicação da pintura anticorrosiva, existem algumas técnicas diferentes. Lembrando que cada uma tem suas vantagens e desvantagens. A escolha dependerá do tipo de superfície na qual a tinta é aplicada, além do ambiente. Confira as técnicas, a seguir!

Pintura com pistola

Utilizada no lugar do rolo de pintura, a pistola é uma ótima alternativa, não só para a pintura anticorrosiva, mas para trabalhos em geral. Entretanto, nesse caso, ela tem um propósito um pouco mais específico.

A pintura com pistola deixa o serviço prático, além de trazer algumas vantagens adicionais. Com ela, surgirá uma pintura uniforme por toda a superfície e você conseguirá aumentar a vida útil da peça.

Além disso, ela é ideal para ambientes externos, pois o processo de pulverização é facilitado por esse ambiente.

Imersão

A pintura anticorrosiva por imersão acontece quando a superfície é mergulhada em um recipiente com tinta.

Essa é um pouco mais incomum e difícil de ser utilizada, visto que só pode ser usada em materiais pequenos.

Entretanto, a pintura por imersão é vantajosa, pois, além de ser mais econômica que a pintura tradicional, ela garante ampla cobertura, proteção contra raios UV, umidade e mudanças climáticas.

Eletrodeposição

Esse tipo de pintura é um pouco mais complexa. Ela consiste em mergulhar uma superfície metálica em um banho de tinta e, logo após, submeter esse objeto a uma corrente elétrica, em que um dos polos é ligado ao próprio objeto e o outro, ao tanque ou eletrodo.

Esse tipo é extremamente eficaz e bom. É utilizado em vários segmentos, principalmente quando há necessidade de pinturas industriais anticorrosivas e de autopeças. A eletrodeposição é muito econômica, com um ótimo custo-benefício.

Como é aplicada a pintura anticorrosiva?

Para realizar a pintura anticorrosiva em uma construção, existem alguns processos pelos quais a superfície terá que passar, ou seja, ela deverá ser preparada antes da aplicação da tinta, independentemente da técnica utilizada.

Para começar, é preciso fazer uma limpeza da peça. Tirar poeiras, fiapos ou qualquer coisa que possa prejudicar o resultado.

Em seguida, normalmente, é aplicado um primer para tinta, ajudando a ter uma maior ação anticorrosiva, melhorando o resultado da pintura.

Existe, também, o tie-coat, ou tinta intermediária, que aumenta a espessura e aderência da tinta. Por fim, pode ser usada uma tinta de acabamento, para proteger o que já foi feito.

Todo esse processo auxilia a melhorar o resultado da peça, aumentando sua durabilidade e anticorrosão.

Viu como a pintura anticorrosiva pode ser benéfica para o seu cliente? Sendo ótima para ambientes industriais, essa técnica ajuda a evitar problemas decorridos por fatores ambientais.

Gostou do artigo e quer acompanhar novidades e artigos relacionados a pinturas? Então, assine a nossa newsletter e fique por dentro das novidades!

Show Full Content

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back
Close

NEXT STORY

Close
Sem categoria

Quando, como e por que usar um pulverizador de pintura?

maio 26, 2022
Close