Alguns dos materiais necessários para a pintura são a tinta, a massa corrida e a espátula de acesso. Também não podemos nos esquecer dos equipamentos para a proteção individual. Mas você sabe para que serve o fundo preparador? Esse item é tão importante quanto os outros, já que tem um papel fundamental na aderência.

O fundo preparador de parede é versátil e pode ser utilizado em diversas situações, em diferentes contextos de desgaste de uma parede. Uma das suas funções é uniformizar a distribuição de tintas. Ele costuma ser confundido com o selador mas, como veremos, são produtos distintos.

Neste post, mostraremos exatamente para que serve o preparador, seus benefícios e as situações nas quais ele precisa ser usado. Boa leitura!

Para que serve o fundo preparador de parede?

Basicamente, o fundo preparador de parede serve para garantir a aderência da tinta sobre a superfície. Esse produto é encontrado tanto com uma base acrílica como em uma versão esmaltada.

Assim, você tem uma fixação mais duradoura e precisa, já que esse produto é capaz de agregar as partículas soltas de pintura, o que influencie positivamente na aderência.

O fundo preparador é muito utilizado na repintura, por exemplo. Paredes que tenham problemas como o descascamento precoce ou aquelas que foram pintadas com cal se beneficiam da aplicação desse produto.

Além disso, ele uniformiza a absorção na hora da realização da pintura da parede, garantindo que o trabalho final seja melhor distribuído. Ele também dá firmeza a um reboco fragilizado, ao ancorar a tinta de acabamento.

Contudo, é preciso ter cuidado para não confundir as coisas: você não deve utilizar o fundo preparador de parede e esquecer de lixar o local. É preciso fazer ambos, já que assim você remove toda a poeira e os detritos da superfície.

Por isso, faça a limpeza primeira, antes da pintura. O fundo preparador servirá para garantir o acabamento perfeito e uma boa aderência da tinta escolhida.

Em quais situações utilizar o fundo preparador?

O pintor deve observar certas condições da superfície, como o excesso de porosidade. Quanto mais porosa for a área, maior será a tração de tinta daquele local.

Essa condição de porosidade costuma acontecer quando a distribuição da massa corrida não foi feita de maneira uniforme, com algumas áreas da parede recebendo o produto e outras não. Aí, a absorção de tinta é dificultada, exigindo o uso de um fundo preparador.

Curiosamente, o oposto também ocorre: quando uma superfície já pintada não é tão porosa, mas com um estado geral de desgaste, garantir aderência da nova tinta também será mais complicado.

Nesse sentido, o fundo preparador é versátil e serve para diversas condições. Só não se esqueça de checar as condições de cada produto (recomendadas pelo fabricante) antes de comprar e, principalmente, antes de aplicar na parede.

Diferenças entre o selador e o fundo preparador

Já que estamos falando de pintura, é importante diferenciar o fundo preparador de outro produto popular: o selador. Ambos são utilizados na preparação da superfície, mas eles têm características distintas na composição e na finalidade específica.

O selador é aplicado somente antes da pintura e, na maioria das vezes em paredes novas — desde que seja respeitado o período de cura. Ele também é utilizado em superfícies muito irregulares e danificadas.

O produto serve tanto para ambientes internos como externos. Diferentemente dos seladores, o uso do fundo preparador de paredes é um pouco mais amplo, já que ele se aplica a um grande número de situações, como:

  • paredes de gesso;
  • paredes pintadas com cal;
  • reboco que esteja esfarelando;
  • paredes descascadas e sem aderência da tinta;
  • repintura;
  • rebocos novos que ainda não passaram pelo procedimento de cura.

Outra similaridade em relação ao selador é que o fundo preparador é indicado para ambientes internos e externos. Antes de utilizar ambos, é necessário lixar a superfície e livrá-la dos detritos.

Quais são as vantagens desse produto?

Agora, mostraremos alguns dos benefícios específicos do fundo de preparador de parede, que justificam a sua utilização na pintura.

Processo de aplicação simplificado

O fundo preparador tem diversas características interessantes, como um odor leve, resistência à alcalinidade e a sua capacidade de penetração. Tudo isso contribui para que a aplicação seja bem suave e intuitiva.

Além disso, é um produto que pode ser aplicado facilmente em superfícies de gesso, sem deixá-las amarelas. O produto é fácil de ser manipulado e oferece a opção de aplicação com rolo ou trincha.

Corrige imperfeições na superfície

Como o fundo preparador é um produto que ajuda a distribuir melhor a tinta e as pinceladas, o próprio ato de aplicá-lo já ajuda o pintor a corrigir imperfeições. Afinal, ao usá-lo, o profissional mapeará as áreas que precisam ser lixadas e reparadas para que as ondulações sejam removidas.

Ademais, ele também aumenta o rendimento das tintas e das massas ao facilitar a absorção dos produtos na parede.

Evita manchas na pintura

Quando aplicado corretamente, após a limpeza inicial da parede, o fundo reparador proporciona uma pintura sem manchas. É comum, por exemplo, que elas apareçam em paredes de gesso, depois de algum tempo.

Com a aplicação do produto, principalmente em uma opção à base de solvente, as chances de que isso ocorra diminuem muito.

Melhora a aderência da tinta

Como mencionamos anteriormente, esse produto tem como uma de suas principais características a vedação e a proteção da superfície na qual será aplicada a tinta. Isso é feito por meio da aglutinação de partículas soltas.

Isso resulta em uma aderência mais precisa na parede, já que a composição do produto é desenvolvida para evitar que as partículas penetrem na superfície durante a pintura.

Outro resultado dessa característica de aderência é o aumento da durabilidade da pintura feita. Isso porque a ancoragem e o acabamento são reforçados.

Versatilidade

O fundo preparador pode ser usado tanto em áreas externas como internas. Ele também é recomendado para aquelas situações nas quais o reboco é muito antigo e apresenta um desgaste maior.

Além das repinturas, ele também costuma ser usado em paredes de gesso e aquelas que estão com a superfície esfarelando. O selador pode até ser mais indicado para paredes novas que já passaram pela cura, mas o fundo é recomendado para a repintura, paredes pintadas com cal e superfícies que precisam de uma absorção mais uniforme da tinta.

Como se não bastasse, ele garante firmeza a um reboco fraco. Portanto, se você ainda tinha dúvidas sobre para que serve o fundo preparador de parede, nesse post nós vimos que ele se trata de um dos produtos mais versáteis e um verdadeiro aliado dos pintores.

Quer garantir mais oportunidades profissionais? Então, não deixe de conferir nosso curso de pintor, com certificado!

Show Full Content

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back
Close

NEXT STORY

Close
Sem categoria

Princípios do polimento automotivo: tudo o que você precisa saber!

julho 29, 2021
Close